COMO SE MANTER ESCREVENDO
04/10/2017
COMO PUBLICAR SUA HISTÓRIA
16/10/2017

REVISÃO DO TEXTO

Bem-vindos, leitores! ^^
Dessa vez, vamos falar sobre revisão do texto!!!

 

Como era uma vez disse o Stephen King:
“Primeiro, escreva para você. Depois, se preocupe com a audiência”.

 

Isso é uma frase linda; você tem que escrever despreocupado e de uma forma que você goste para que a história nasça.

 

E, depois, você acerta o texto para que ele possa se tornar um produto agradável para seu público-alvo. (Não se confundam; é: “DEPOIS se preocupe com a audiência” e não “Nunca se preocupe com sua audiência”).

Uma vez que você tiver terminado de escrever sua história inteira, vá lá e LEIA ELA INTEIRA.

Durante essa leitura, preste atenção na gramática e ortografia, claro. MUITA ATENÇÃO nas pontuações também.

E, muito importante:

CORTEM TUDO QUE DÁ!!! PASSEM O FACÃO NA HISTÓRIA!!!

 

O ideal é que você já tenha escrito sua história o mais direto e breve possível (não achem que é para “transmitir menos”. Estou dizendo para “transmitir MAIS com MENOS PALAVRAS”. Sim. Isso é difícil, mas vá treinando porque é lindo)… mas é sempre bom detectar aquela “gordurinha” do texto e sair tirando tudo!

 

Lembrem-se sempre de que o leitor é outro ser humano que trabalha e/ou estuda e tem várias coisas para resolver, então ele não pode dar a vida inteira dele para gastar com seu livro. Seu livro não pode ser eterno. Você não tem aquela pilha imensa de livros para ler? Então. Seu leitor também tem. Ele não pode ficar três anos no seu livro e você tem de compreender isso.

 

ALÉM DISSO, existe uma beleza no texto que transmitiu mais com menos; uma eficiência e clareza que trambolhos de 2000 páginas jamais vão ter. NUNCA ache que textos mais longos são mais completos. Na maior parte das vezes, eles são só mais confusos.

 

Por fim, lembrem-se de que o autor sempre vai saber mais da história e dos personagens do que seu leitor. Não é por causa que você sabe a comida favorita, a estação favorita e a cor da cueca do seu protagonista que seu leitor também precisa saber. Deixe só o necessário.

Com tudo isso em mente, diminuam as frases muito rebuscadas. Cortem cenas que não são essenciais ao seu plot. Sempre se pergunte: essa cena está arrastando? Está muito enrolada?

Pronto? Pronto? Esquartejaram o texto? Passaram o facão nele?

ENTÃO TARAAAAAAAAM! Ele está revisado!!!!! (É, você vai passar dias e dias fazendo essa tal de revisão…).


A revisão é algo que deve ser feito com carinho, mas também se lembrem de que, se você ficar cutucando e cutucando o seu texto buscando a perfeição, ele NUNCA VAI FICAR PRONTO. Uma hora você tem que desencanar. E também evite transformar sua história num Frankenstein, todo remendado depois que já estava pronto (por isso eu disse para REMOVER partes, e não ficar acrescentando coisas novas). Quando se faz isso, a história fica ESQUISITA (não tem outra palavra para definir isso; é uma sensação bizarra provocada no leitor pelo fato de que o autor não parece ter uma linearidade em suas emoções/pensamentos. Uma sensação de que o texto parece um puzzle torto).

 

Claro que cada escritor tem sua própria forma de revisão e todos são livres para fazerem o que quiser! XD Mas a minha dica pessoal é: NÃO TENHAM DÓ DE CORTAR AS GORDURINHAS. E DEPOIS DESENCANE E SE CONFORME QUE A OBRA ESTÁ PRONTA.

Ah, é. O mais importante:

TENHA PACIÊNCIA! XD kkk

Sobre revisão é basicamente isso! XD
No próximo post, explicarei finalmente sobre COMO PUBLICAR!!!

Fiquem de olho! @_@ Adoro vocês! <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *